A importância dos microinfluenciadores na sua estratégia de Social Media

post-Influenciadores

Eles começam tímidos: com um pouco mais de 500 seguidores nas redes, possuem o hábito de atualizar o feed semanalmente com fotos da rotina, férias, lazer e nos comentários despertam a curiosidade do olhar atento de quem segue o perfil sempre em busca de alguma novidade. Estamos falando dos microinfluenciadores, aquele seu amigo ou parente que possui um bom engajamento nos perfis das redes sociais, se tornaram uma tendência no marketing de conteúdo que tem atraído cada vez mais marcas, graças ao potencial de venda que esses perfis podem oferecer a um baixo custo para a empresa que deseja apostar na estratégia.

Um perfil carismático que produz conteúdo relacionado com o segmento e a política da sua empresa pode ser uma excelente aposta para divulgar os produtos, prova disso são os inúmeros estudos realizados por empresas que tem investido em perfis dessas pessoas populares com o objetivo de alavancar vendas. Um levantamento realizado recentemente pela Youpix, GfK e Airstrip revelou uma relação entre a quantidade de fãs de perfis com o nível de envolvimento gerado com publicações.

Durante o estudo feito por meio de entrevistas presenciais e banco de dados de 230 mil influenciadores, notou-se que criadores de conteúdo que possuem de 400 a 500 seguidores geravam engajamento de 7,8% de sua base, enquanto que os que possuem 1 milhão de seguidores engajam apenas 1,8% dos seus seguidores.

Mas o que isso quer dizer, afinal? A matemática é bem simples: você, no papel de consumidor, quando adquire um produto vai em busca de recomendações, avaliações positivas ou costuma comprar às cegas? A resposta é óbvia. As pessoas sempre procuram um feedback positivo sobre o produto que desejam antes de efetivar uma compra e muitos desses consumidores fazem isso quando lêem relatos e avaliações principalmente nas redes sociais. Se você ainda está com dúvidas, aqui vai um dado muito interessante que comprova a eficácia do Branded Content: segundo pesquisas divulgadas pelo portal Nielsen que estuda a relação mercado x consumidor, 71% dos clientes tomam decisões de compra baseado em publicações feitas nas redes sociais e 90% levam em consideração as recomendações de produtos realizadas por influenciadores.

Resumindo: quando uma pessoa influente na sua vida indica uma marca ou desaprova um produto os seguidores geralmente tomam o mesmo partido e para o branded content isso é ótimo, pois é possível influenciar várias pessoas por meio do feedback de apenas uma. Mas atenção! Para obter sucesso nessa parceria é necessário ficar atento ao tipo do perfil de microinfluenciador que você deseja investir, pois ele estará representando a sua marca.

Dicas para ‘acertar ‘na busca pelo microinfluenciador

Além do número de seguidores e engajamento do perfil, é importante estar atento a alguns parâmetros que podem ajudar você a decidir com mais assertividade o microinfluenciador certo para representar a sua marca, por isso é importante verificar sempre:

Se o perfil é verdadeiro:

Sim, pode ocorrer de existir fakes criados justamente para enganar marcas;

Temáticas abordadas no perfil:

Os temas explorados nas postagens feitas na timeline do microinfluenciador devem estar de acordo com o segmento da sua empresa – se você comercializa produtos fitnesss, o perfil do microinfluenciador precisa estar relacionado ao universo das academias, clínicas estéticas ou nutrição, por exemplo.

Ideologia do microinfluenciador:

Assim como sua marca possui uma visão e missão, o microinfluenciador também tem a sua forma de ver o mundo. Certifique-se de que ambos os posicionamentos estejam alinhados a mesma linha ideológica para evitar que sua marca seja representada de forma equivocada;

Atenção à linguagem empregada em postagens:

Sua empresa apresenta uma abordagem mais formal ou informal nas redes sociais? A resposta para essa pergunta também irá ajudar a definir o perfil do microinfluenciador de acordo com a formalidade que ele utiliza em sas postagens.

Se o microinfluenciador não tem parceria com algum concorrente da sua marca:

Com essas orientações é possível realizar um bom trabalho de branded content aliado aos perfis de microinfluenciadores que podem trazer um upgrade no reconhecimento e na conversão de vendas do seu negócio.

Tags: ,

No comments yet.

Deixe uma resposta