As melhores práticas em gestão de redes sociais

Acredito que ninguém mais tem dúvidas quanto a força das redes sociais para impulsionar marcas e causas. É inegável o poder de engajamento e viralização das redes sociais. Quem poderia imaginar que nos últimos 5 anos, uma pessoa abriria um canal para falar de games, moda ou finanças e, conseguiria em pouco tempo (e com baixo investimento financeiro e muito suor na produção de conteúdo) construir bases gigantescas de seguidores, maiores até mesmo que muitos canais de TV. Hoje essas pessoas se tornaram digitais influencers que ganham muito dinheiro com seus canais e influenciam o comportamento de milhares de pessoas que acompanham suas redes.

Mas quando falamos em gerenciamento de redes sociais de marcas, embora, a maioria das empresas possua contas e poste conteúdo com frequência em suas páginas, ainda existe muito amadorismo na gestão desses canais.

Mais aí vem a grande questão: o que difere as empresas vencedoras das amadoras quando o assunto é gerenciamento de redes sociais? A resposta é que muitas empresas não adotam um gerenciamento profissional de suas contas. Ora se você é um CEO de uma empresa, com certeza, você sempre busca implementar as melhores ferramentas de gestão disponíveis, então, por que deveria ser diferente quando o assunto envolve redes sociais?

O sucesso das iniciativas em social media depende de uma série de variáveis e é preciso dedicar uma atenção grande para cada uma delas, do contrário, a sua marca não crescerá no ambiente digital. E hoje em dia, não basta marcar presença na festa, é preciso ser a estrela! E o mais importante de tudo: é preciso vender! É fundamental que a sua estratégia de conteúdo transforme suas redes sociais em poderosos canais de venda, não apenas uma ”vitrine de posts”. Todo o conteúdo produzido precisa ter ”gatilhos” que estimulem as pessoas a comprar.

Para ajudá-lo a criar um road map em torno dos pontos mais importantes do gerenciamento avançado de redes sociais, fique ligado nos seguintes pontos:

1. Entendimento da marca e do mercado

Em primeiro lugar é necessário diagnosticar em profundidade a sua marca e a de seus concorrentes. Em resumo, você precisa clarificar o DNA da sua empresa, como princípios e valores que direcionam o seu dia a dia. E também entender quais são seus diferenciais mercadológicos, porque a construção da sua narrativa de marca dependerá disso. É muito importante no universo dos seus concorrentes, identificar quem são os ”benchmarks”, ou seja, os melhores em produção de conteúdo dentro da categoria. Isso irá ajudá-lo a definir as suas metas (seguidores, engajamento, geração de leads e vendas) e também a entender como você pode diferenciar o seu conteúdo e fazer com que ele reflita com precisão as características e diferenciais da sua marca. 

2. Estratégia de comunicação

De posse dos insights levantados no diagnóstico é preciso documentar isso num Plano (aqui na Manalais a gente batizou de Plano de Branded Content) que sirva como um road map para orientar o trabalho das equipes. Nele você elencará o cenário enfrentado, a narrativa que será utilizada nas redes sociais (storytelling) que deverá refletir o DNA da marca e os seus diferenciais junto aos diferentes stakeholders (colaboradores, clientes, parceiros, prospects), os KPI´s (metas quantitativas e qualitativas), o workflow dos trabalhos, buyers personas, mapas semânticos, mapas de hashtags. Vale a pena também investir tempo na construção de ”’personas”, que são representações dos seus clientes ou usuários pretendidos. Isso ajudará a desenvolver uma narrativa bem alinhada com os públicos do seu interesse, o que faz uma tremenda diferença para criação de engajamento com a sua audiência.

3. Conteúdo relevante

Outro pilar absolutamente fundamental é trazer para o seu público um conteúdo pertinente, que seja altamente necessário para a sua audiência. Quando o seu conteúdo se tornar extremamente desejado, acontece a mágica da viralização. Seus próprios seguidores fazem questão de marcar a sua marca quando postam algum conteúdo em suas redes pessoais e a compartilhar o seu conteúdo. Mas para que isso aconteça de fato, é preciso conquistar o respeito e a admiração das pessoas. Quando uma pessoa admira o seu trabalho, ela se transforma num fã da sua marca e a partir disso, vendas, recompras e retenção de longo prazo se tornam uma consequência natural. Quer um exemplo disso. Veja como ajudamos a marca a Probat Leogap (um dos maiores fabricantes de torradores de café do país), a bombar nas redes sociais dentro do universo do café. Esse é um excelente exemplo, onde as redes sociais se transformaram num poderoso canal de vendas para a empresa.

4. Gestão de Analytics & Otimização

Não adianta você postar um conteúdo bacana e não ficar de olho em como ele performa nas redes sociais. É aí, que entra em cena a tecnologia de gestão de analytics. Por meio de plataformas de BI podemos analisar granularmente o desempenho de cada postagem e por meio disso implementar ações corretivas rápidas. Então, sempre é interessante testar as abordagens e mensurar os resultados, aliás, isso também é uma técnica de growth hacking. E como uma corrida de fórmula 1, onde o time de engenharia está o tempo todo acompanhando o desempenho do carro nas pistas, ou seja, vence o jogo quem tem mais dados.

Se você tem um negócio pequeno, vale a pena tentar colocar em prática as recomendações que eu citei no esquema “Faça você mesmo”, tendo em vista os custos financeiros que envolvem a contratação de uma empresa especializada.  Agora se a sua empresa já tem um certo porte e consequentemente maior complexidade, e não tem os recursos necessários (know-how, processos e uma equipe 100% dedicada ao gerenciamento de redes sociais), certamente valerá a pena você contar com o apoio de uma empresa terceirizada que te ajude a criar um estratégia de gestão de conteúdo em redes sociais que seja consistente e sustentável ao longo do tempo.

Agora que você já sabe da importância de implementar ferramentas avançadas de gestão de redes sociais, acesse nosso formulário e solicite uma proposta sem compromisso de como podemos ajudá-lo a implementar essas técnicas.